-


Mesmo com toda a tecnologia, os médicos não conseguem eliminar o medo e a insegurança que a mulher sofre na hora de dar à luz.

Para auxiliar as mães neste momento doloroso e alegre, um grupo de mulheres do Itaim Paulista oferece, há cerca de um ano, o serviço de acompanhante na sala de parto. São as doulas, que significa "mulher que ajuda mulher".

A Associação de Doulas do Estado de São Paulo atua apenas no Hospital Santa Marcelina, mas equipes levam o atendimento a centros médicos de outros bairros.

A voluntária Rosa Malena Nunes, de 41 anos, diz que muitos pais não acompanham a mulher no hospital. "Algumas pacientes pensam que o bebê vai morrer. Costumo falar para elas da beleza de ser mãe." (F.B.)

Associação de Doulas de São Paulo
Informações pelo telefone 6562- 0962
Com Maria Lúcia Tavares

Fonte:Jornal O Estado de São Paulo